Brasil é o país que mais consome informações pelo Instagram

fernando

Luiz Fernando da Silva

CMO da Desbravadata

Compartilhe nas Redes Sociais

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

O Instagram se reforça cada vez mais como um marketplace, um dos locais preferidos para as estratégias de growth, marketing digital e terreno fértil para o surgimento de novos influenciadores digitais. O que chama atenção é que, além de uma plataforma de negócios, a rede social também está se consolidando como referência na busca por informações.

 Em 2020, o percentual de brasileiros usando o Instagram como ferramenta de notícias aumentou quatro pontos em relação a 2019. O país é o que mais consome informações pela rede social no mundo.  Ao todo 30% dos 2.058 brasileiros entrevistados relataram que usam o Instagram para isso. Os dados são do documento Institute Digital News Report 2020, elaborado pela Reuters. O relatório registra que o Instagram está caminhando para se tornar uma ferramenta de acesso a notícias bastante popular em todo o mundo.

O levantamento, feito com pessoas de 12 países, incluindo o Brasil, registrou a confiança dos usuários com base em como eles consomem notícias em diferentes plataformas. Em todo os países, o índice de popularidade do Instagram cresceu de 3% para 36% entre 2014 e 2020. A rede social foi em média, 3% mais procurada por usuários que buscam notícias (de 8%, em 2014, a 11%, em 2020) nos 12 países participantes da pesquisa.

Na mesma direção, o Twitter é outra rede social que apresentou um crescimento significativo, com 17% dos entrevistados brasileiros afirmando usarem a plataforma para consumir notícias. Em 2019, esse número era 15%.

Imagem1- Desbrava Data

Crescimento do Instagram e do Twitter no âmbito das notícias no último ano. Imagem: Reuters

Segundo o estudo, 2020 marca a primeira vez que as redes sociais passam a TV como meio de acesso às informações. No levantamento, 67% disseram usá-las como fonte de notícias, contra 66% que o fazem na TV.

Imagem2 2- Desbrava Data

Principais fontes de notícia (Arte e dados: Reuters Institute Digital News Report 2020)

O Facebook ainda é o espaço de maior consumo de informações, sendo o preferido de 54% dos consultados no mundo todo, seguido de WhatsApp (48%). Vale perceber que o app mensageiro teve queda de 5% no ano em utilização para esse fim.

Imagem3 1- Desbrava Data

Com informações da Agência Reuters, Olhar Digital e CanalTech.

Conheca-a-nossa-Ferramenta-de-Monitoramento-de-Redes-Sociais

Transforme dados em estratégia para o seu negócio!
Conheça as nossas soluções!

SOCIAL
ANALYTICS

Veja os dados e analytics de redes sociais como Instagram, TikTok, Twitter e YouTube, relacionados ao seu negócio, seus clientes e seus concorrentes em um só lugar! Acompanhe os interesses dos seus consumidores!

GEO
INSIGHTS

A solução de Geoinsights da Desbrava combina tecnologia IoT e ciência de dados que permitem acompanhar em tempo real a jornada do consumidor offline.

Teste gratuitamente por 30 dias:

Desbrave as possibilidades com a gente, faça parte da Desbrava Data.